Max Verstappen é o novo campeão da Fórmula 1

0
27

Desde sua estreia na Fórmula 1, Max Verstappen deixou muito claro que seria campeão do mundo. Dono de um estilo de pilotagem agressivo e arrojado, o talentoso holandês pulou etapas, chegou ainda adolescente ao Mundial, mas soube fincar bem suas estacadas e definir seu território. Tanto que foi promovido a titular na Red Bull menos de um ano e meio após o debute com a Toro Rosso. E venceu logo na primeira corrida que disputou sob as cores da equipe austríaca. De lá para cá, teve de enfrentar os perrengues necessários para criar experiência e, a partir de 2019, mostrou que a disputa de um título, do campeonato em si, era apenas uma questão de tempo. E a conquista veio em cima de adversários duríssimos.

É correto dizer que a Red Bull bem que tentou nos anos anteriores, mas a supremacia da Mercedes e de Lewis Hamilton tornou quase impossível exercer alguma resistência na Fórmula 1. Acontece que os taurinos souberam aproveitar como ninguém os efeitos da pandemia da Covid-19 em 2020. Pelo menos do ponto de vista técnico. Isso porque o comando do Mundial precisou adiar a grande mudança de regulamento, que inicialmente estava programada para 2021. Na esteira dessa decisão, foi necessário manter o atual livro de regras, com alterações apenas pontuais. E quem melhor interpretou essas normas foi mesmo a esquadra dos energéticos. O que tornou a temporada uma das melhores.

Por conta da estabilidade das regras, boa parte das soluções encontradas no ano passado foram repassadas para este campeonato, com a novidade de um corte no assoalho, além de uma redução importante do downforce. Isso tudo mexeu, especialmente, com a parte traseira dos carros. Mas a Red Bull encontrou um caminho dos mais interessantes, aproveitando o conceito do rake mais alto – a diferença de altura entre a seção dianteira e traseira do carro. Para tanto, os energéticos utilizaram as fichas de desenvolvimento disponíveis para acertar a caixa de câmbio. Essa decisão permitiu uma alteração fundamental da suspensão traseira, dando a chance de um melhor entendimento do assoalho, difusor e freios.

Foto: Lars Baron/Getty Images/Red Bull Content Pool / Grande Prêmio