Desenvolvido porspot_img

Últimas

Em nota, o Campinense pede ao Governo do Estado e ao MPPB o retorno dos torcedores a partir das oitavas de final.

Na noite desta quarta-feira(22), O Campinense emitiu uma nota a imprensa e nas suas redes sociais, pedindo a compreensão do Governo do Estado e Ministério Publico da Paraíba, a liberação 15% da capacidade do Amigão, para os torcedores da Raposa.

CONFIRA A NOTA:

NOTA

Sabemos que os efeitos desastrosos da pandemia do novo coronavírus vão além do cenário esportivo, no entanto, é inegável o cenário devastador que o vírus trouxe, principalmente ao futebol e sobretudo aos clubes com menor poder aquisitivo.
Desde março de 2020 a pandemia afastou os nossos torcedores dos estádios. De lá pé cá, as dificuldades que já eram muitas, aumentaram ainda mais sem as receitas de bilheterias, a nossa mais importante fonte de renda.
O Campinense vem tentando se reestruturar com novos parceiros e patrocinadores, mas sem a presença da torcida nas arquibancadas, a missão não é nada fácil.
Em ofício enviado às federações estaduais na noite desta terça-feira (21), a CBF liberou a presença de público para os jogos da Série D do Campeonato Brasileiro a partir das oitavas de final, respeitando o protocolo estabelecido para se cumprir e que os clubes envolvidos deverão ter a autorização dos órgãos competentes locais para a volta dos torcedores.
O novo decreto de Campina Grande, assinado pelo prefeito Bruno Cunha Lima e divulgado no último dia 19/10, libera a presença de público nos estádios (15% da capacidade máxima dos estádios de futebol) e a realização de campeonatos e eventos esportivos na cidade.
O Campinense Clube entende que, com o avanço da vacinação, a redução em casos, internações e mortes por Covid-19, é possível o retorno gradual do público aos estádios, respeitando, evidentemente, as medidas de segurança determinadas pelas autoridades locais.
O Campinense compreende a reabertura e funcionamento (com suas devidas restrições) de shoppings, transporte público, feiras, eventos e outros – que já estão autorizados em todo estado. O que não se entende é o porquê de se agir desigualmente com as partidas de futebol, evento que também traz rendimento econômico a milhares de famílias.
O Campinense sempre foi e continuará sendo um aliado no enfrentamento à pandemia, cumprindo todas as diretrizes determinadas pelo poder público. Para tanto, pede bom sendo e compreensão ao Governo do Estado e ao Ministério Público diante do novo decreto municipal, e do ofício enviado pela CBF às federações de futebol envolvidas na sequência do Campeonato Brasileiro Série D, liberando o retorno dos torcedores a partir das oitavas de final.
Informe-se na COVID-19: Central de Informações sobre recursos da vacina.
Informações sobre vacinas

ASCOM/ CAMPINENSE

Últimas

Mais Lidas