ALPB presta homenagens a sacerdotes da Igreja Católica na Paraíba

0
230

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou sessão solene, nesta terça-feira (21), para conceder a Medalha Epitácio Pessoa ao Padre Nilson Nunes da Silva, a Medalha Padre Inácio de Sousa Rolim ao Monsenhor Ednaldo Araújo dos Santos, e o Título de Cidadão Paraibano e a Medalha Padre Inácio de Sousa Rolim ao Padre Cícero Salvador Matias Vieira. O evento aconteceu no Plenário Deputado José Mariz e reuniu autoridades, lideranças religiosas, parentes e amigos dos homenageados.

O deputado Chico Mendes, que é autor da propositura, juntamente com o presidente da Casa Adriano Galdino, e o ex-deputado e presidente da Companhia Docas, Ricardo Barbosa, destacou que a responsabilidade e dedicação dos padres com causas que beneficiam a população os tornam dignos e merecedores das honrarias da Casa Epitácio Pessoa. “É um momento bonito. A nossa Casa fica mais alegre espiritualmente, muito mais elevada. A homenagem é um reconhecimento do povo paraibano para as ações realizadas pelos padres no nosso estado”, ressaltou Barbosa.

O deputado João Gonçalves destacou que a Medalha Padre Rolim é destinada a personalidades de destaque e parabenizou os parlamentares pela propositura. “É com imensa satisfação e reverência que estamos aqui hoje com estes três padres, para prestar essa justa homenagem pela dedicação deles à comunidade paraibana”, disse João.

Padre Nilson agradeceu ao deputados pela homenagem. Ele recebeu a Medalha Epitácio Pessoa, que é a maior condecoração da ALPB, destinada para as personalidades, paraibanas ou não, que tenham se distinguindo através de ações. “É muito honroso para mim, eu que sou paraibano, que vim lá da Serra de Araruna para João Pessoa e faço esse trabalho de evangelização no Santuário Mãe Rainha, com a Missa da Luz, com shows, com o Natal de Luz. É uma medalha que não é só minha, na verdade é de toda uma comunidade cristã, católica”, disse.

O Monsenhor Ednaldo Araújo dos Santos foi homenageado com a Medalha Padre Inácio de Sousa Rolim. “É uma alegria receber essa medalha do Padre Rolim, que foi o maior educador que a Paraíba já teve. Ele é um desbravador, e assim como nós temos o Padre Anchieta para o Brasil, o Padre Rolim está para a Paraíba. Eu estou lisonjeado e grato ao presidente Adriano Galdino pela propositura”, ressaltou.

Já o padre Cícero Salvador, foi agraciado com o Título de Cidadão Paraibano e a Medalha Padre Inácio de Sousa Rolim. “É uma alegria imensa poder se tornar paraibano, mas de fato desde o dia que eu cheguei na Paraíba que eu já me sinto um paraibano. Cheguei em 13 de janeiro de 2008, então de lá para cá a gente foi apenas se configurando. Seja o título ou a medalha, eu olho para frente e digo obrigado Deus e a esta Casa pela honraria”, disse.

Também estavam presentes os deputados Chió, Nilson Lacerda e Lucinha Lima; a desembargadora Maria de Fátima Moraes Bezerra Cavalcanti Maranhão, presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB); o juiz corregedor Antônio Carneiro de Paiva; o vereador da Capital, Carlão do Bem; e o sub-comandante da Polícia Militar, Coronel Ronildo.

PERFIL DOS HOMENAGEADOS

Padre Nilson Nunes da Silva Nasceu aos 14 de agosto de 1974, em Araruna/PB. Filho de Alfredo Pedro da Silva e Noêmia Nunes da Silva. Ordenado presbítero em 15 de agosto de 2001, por Dom Antônio Muniz Fernandes, na época Bispo Diocesano de Guarabira. Incardinado nesta Arquidiocese da Paraíba em 25 de julho de 2014. Exercou as funções de Assistente Espiritual do Colégio Marista Pio X; Administrador Paroquial da Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Santa Rita; Administrador Paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Assunção, em Cabedelo. Atualmente exerce a função de Pároco da Paróquia Santuário Nossa Senhora Mãe Rainha e apresentador de TV e rádio.

O Monsenhor Ednaldo Araújo dos Santos- Nasceu aos 12 de agosto de 1966, em Araruna/PB, filho de Damião Agripino dos Santos e Teresinha Pontes de Araújo. Em 1992, entrou no Seminário Arquidiocesano e foi ordenado em 25 de novembro de 1994, por Dom José Maria Pires. É Pós Graduado Lato Sensu em Teologia Bíblica, pela Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro. Exerceu as funções de Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Areia; Pároco da Paróquia São Pedro e São Paulo, em Mamanguape; Vigário Paroquial, em Remigio; Vigário Paroquial da Paróquia Senhor Bom Jesus, em Mataraca; e Vigário Paroquial e Pároco da Paróquia Santíssima Trindade, em João Pessoa; Reitor da Igreja do Monte Serrat e do Mosteiro de São Bento; Reitor da Igreja de Nossa Senhora do Carmo; Administrador Paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Conceição; Administrador Paroquial da Paróquia Imaculada Conceição e São Francisco (atualmente Paróquia São Francisco de Assis Jardim São Paulo) e Diretor do Colégio Dom Adauto. É autor de várias obras literárias como: O Ano Sacerdotal e o Clero da Arquidiocese da Paraíba; Apontamentos Biográficos do Clero da Arquidiocese da Paraíba, Arquidiocese da Paraíba História e Memória; entre outros. Atualmente exerce a função de Capelão do Hospital Santa Isabel e da Igreja da Misericórdia.

 

Padre Cicero Salvador Matias Vieira, nasceu em 28/12/1978, na cidade de Farias Brito (CE). Filho de Wantuil Matias e Maria Salvador. Foi ordenado como Diácono Transitório em 31/10/2008, por Dom Aldo di Cillo Pagotto e em 18/03/2009, por Dom Aldo di Cillo Pagotto, foi ordenado Presbítero. Recebeu sua 1ª Provisão como Administrador da Área Pastoral de Pedro Regis, na Região Pastoral Vale do Mamanguape. Em 2010, foi provisionado como Pároco Solidário para a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Jacaraú. Em 2012, recebeu a Provisão de Administrador Paroquial da Pró-Paróquia São Miguel Arcanjo, em Curral de Cima e no final do mesmo ano, com a elevação da Pró-Paróquia citada, à condição de Paróquia, assumiu a nova Paróquia São Miguel Arcanjo e Nossa Senhora das Dores; ainda em 2012, recebeu a Provisão para fazer parte do Conselho Presbiteral, tendo sido eleito pelos Presbíteros; Assumiu em 2013, com a Provisão de Administrador Paroquial, a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na cidade de Pedro Régis. Em 2016, assumiu a Paróquia do Divino Espirito Santo, em Cruz do Espirito Santo, como Administrador Paroquial, onde exerce atualmente a função. Em 2018, foi celebrado um Convênio entre a Arquidiocese da Paraiba e o Ordinariado Militar do Brasil, para que o Pe Cicero Salvador colabore com o ministério pastoral do Arcebispo Ordinário Militar do Brasil.