Vale vaga para o mundial da modalidade: Paraíba sedia torneio de xadrez

0
289

Evento vai acontecer no Littoral Hotel Cabo Branco e contará com a participação de enxadristas de todo o país – Fotos: Divulgação

João Pessoa se prapara para sediar, de 17 a 20 deste mês, no Littoral Hotel Cabo Branco, o Campeonato Brasileiro Sênior de Xadrez. O evento, que vai contar com cerca de 50 enxadristas de todo o país, vale vaga para o mundial da modalidade que acontece no mês de novembro, na Itália. Promovido pela Confederação Brasileira de Xadrez (CBX) com participação da Federação da Paraíba de Xadrez (FPBX), o evento contará também com premiação em dinheiro.

“Na verdade, o Campeonato Mundial é aberto a qualquer jogador. Entretanto o campeão brasileiro é uma espécie de representante oficial do país. O Campeonato Mundial é sim uma competição muito importante e a Federação Internacional dá grande relevância a ele”, destacou o presidente da Federação Paraibana de Xadrez (FPBX), Marcello Urquiza.

Foto 2 - Divulgação.jpeg

Com 13 participantes, três a mais que no ano passado, a delegação paraibana espera conquistar algum título nas duas categorias que serão disputadas no campeonato, a Sênior 50 e Sênior 60 para enxadristas acima de 50 e 60 anos, respectivamente. Serão jogados os estilos Blitz, Clássico e Rápido. “O torneio está muito forte. Vários mestres estarão presentes. A Paraíba tem a maior delegação. Espero que belisquemos algum título”.

Marcello destacou também o crescimento no número de inscritos, em relação à última edição realizada no ano passado, também em João Pessoa. “Foram 37 inscritos, este ano já estamos com 45 e sempre aparecem inscrições de última hora. Acontece que estamos resgatando a importância, por isso a competição vem crescendo em participação e esse número já é um recorde nacional”.

As disputas acontecem na quinta, sexta e sábado com rodadas às 14h e às 20h e domingo a rodada única acontece às 10h. O evento é aberto ao público. “É interessante que as pessoas participem e que possam ver de perto e conhecer mais sobre o esporte”, completou Marcello Urquiza.

por Laura Luna/ Jornal União