Início Notícias Unifacisa perde o Jogo 3 e se despede do NBB 13

Unifacisa perde o Jogo 3 e se despede do NBB 13

585
0
Fotos: Mari Sá/LNB
O basquete Unifacisa entrou em quadra pela última vez na décima terceira temporada do Novo Basquete Brasil. O time paraibano enfrentou o Mogi pela terceira vez na tarde deste domingo, 25, no Rio de Janeiro. A equipe disputou bravamente, mas não alcançou a vitória, perdendo pelo placar de 94 a 85, fechando a série em 2 a 1. Com o resultado a Unifacisa se despede desta temporada atípica  do NBB, que devido a pandemia de Covid-19, não pode realizar nenhum jogo na sua Arena.
Após uma campanha de 33 jogos, a Unifacisa deixa a temporada 13 do NBB com um retrospecto de 15 vitórias e 82 pontos de média ao longo da temporada, o que coloca o time como um dos melhores ataques da temporada.
Os destaques da partida ficaram por conta de Betinho, cestinha da Unifacisa com 21 pontos, 2 rebotes e 6 assistências. Vinicius Pastor com 15 pontos e 7 rebotes. Felipe Vezaro marcando 14 pontos e 9 rebotes. E Nehemias Morillo com 12 pontos, 4 rebotes e 2 assistências.
O Jogo
O time do Mogi começou mais atento ao jogo, após uma roubada de bola, o americano Colleman abriu o placar com uma cesta e falta. Com outro erro do time de Campina, foi a vez de Wesley marcar novamente pelo Mogi, abrindo 5 a 0. Barnes respondeu pela Unifacisa com um lindo arremesso intermediário, seguido por Felipe Vezaro que converteu uma cesta de 3 pontos da zona morta, trazendo a diferença para apenas uma posse de bola. O Mogi entrou com uma defesa bem montada, pressionando a equipe campinense, que teve trabalho para pontuar, em todas as posses de bola. As infiltrações não estavam funcionando e o time encontrou nas bolas do perímetro, através de Betinho e Vezaro, uma alternativa para pontuar. Porém, a defesa não foi muito bem nesta etapa da partida, sofrendo 27 pontos, sem conseguir encontrar resposta para o armador Fúlvio e o pivô Wesley. Restou então para que o ataque mantivesse a equipe colado no placar, a equipe foi superior nos rebotes, principalmente ofensivos, oferecendo algumas segundas chances aos paraibanos que souberam aproveitar as oportunidades para encostar de vez no placar, após dois arremessos de 3 pontos do armador argentino, Sahdi.
A marcação da Unifacisa ainda não havia se encontrado no jogo, permitindo algumas cestas muito fáceis pelo adversário. Porém, a entrada de Fábio Alexandrino foi um diferencial no segundo período, além uma presença forte no garrafão, Alexandrino encontrou Pastor livre duas vezes na linha de 3 pontos, que aproveitou muito bem as assistências do companheiro de time para pontuar e alcançar a virada. Contudo, a defesa voltou a deixar espaços para o adversário, que rapidamente fez uma corrida de 6 pontos para recuperar a liderança. Restou novamente para o ataque trazer o time de volta ao placar, Felipe Vezaro retornou a quadra e converteu mais duas bolas de 3 importantíssimas, o time de Campina Grande teve um excelente aproveitamento nesse quesito, foram 60% de acertos nos arremessos do perímetro no primeiro tempo, colocando a Unifacisa a 2 pontos do adversário no intervalo do jogo.
A Unifacisa voltou mais atenta defensivamente do vestiário, a equipe permitiu apenas 1 ponto em 12 tentados pelo adversário até a metade do terceiro período. Ofensivamente não iniciou com o mesmo aproveitamento do primeiro tempo, mas a equipe realizou alguns ataques que foram suficientes para que o time retomasse a liderança no placar e após uma bela infiltração de Betinho, que conseguiu a cesta e um ponto de bonificação, o time paraibano abriu 5 pontos de vantagem. Paranhos entrou no jogo, anotou 7 pontos e 4 rebotes só no terceiro quarto. O volume ofensivo da Unifacisa também evoluiu, o time anotou 77 pontos em 3 quartos, e foi para o último período liderando por 8 pontos.
Mas no período final a Unifacisa oscilou, um problema que foi recorrente ao longo de toda a temporada para o time paraibano. A equipe não se encontrou em quadra, nem espaços na defesa adversária e passou mais de 6 minutos sem pontuar. Com isso, o Mogi usou suas armas para retomar a liderança, o pivô do time paulista, Gruber, fez um grande último período com 100% de acerto só nesse período, dificultando muito para o time de Campina Grande. A Unifacisa ainda tentou até o último segundo, mas não conseguiu a vitória, perdendo o Jogo 3 das oitavas de final por 94 a 85, se despedindo desta temporada do NBB.
“Nós tínhamos a consciência de que seria uma série muito disputada e difícil, o Mogi é um grande time e realmente se provou dessa forma, foi uma série de jogos muito acirrados e decidida nos minutos finais. Nós sabíamos que precisávamos manter o foco durante os 3 jogos inteiros, demos nosso melhor até o último momento, mas infelizmente não foi o suficiente para que saíssemos com o resultado positivo hoje”, pontuou o pivô da Unifacisa, Vinicius Pastor.
Fotos: Mari Sá/LNB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here