Unifacisa estreia com vitória no segundo turno do NBB e se mantém invicto no Clássico Nordestino

0
31

Fotos: Divulgação/ Basquete UNIFACISA

O basquete Unifacisa começou a sua jornada no segundo turno do NBB com o pé direito. A equipe de Campina Grande venceu o Fortaleza Basquete Cearense pelo placar de 95 a 68, na noite desta quarta-feira, na Arena Unifacisa. Com o resultado positivo a equipe paraibana alcança sua décima vitória na competição, a quarta seguida, e encosta no quinto colocado, o Bauru.

Os destaques da partida ficaram por conta de Kevin Crescenzi, cestinha da partida com 20 pontos, 2 rebotes e 18 de eficiência. Antônio com 16 pontos, 4 rebotes e 18 de eficiência.  Guilherme Hubner com 16 pontos, 7 rebotes e 20 de eficiência. Finalizando com Trevor Gaskins que anotou 15 pontos, 6 rebotes e 6 assistências,  e David Cubillan com 12 pontos e 5 assistências.

Agora, o próximo compromisso da Unifacisa  acontece apenas no dia 05 de fevereiro, quando a equipe viaja até São Paulo, para enfrentar o São Paulo, no ginásio do Morumbi.

O jogo

Os donos da casa começaram a partida com tudo. Foram 11 pontos seguidos sem resposta do adversário, 8 deles marcados por Kevin Crescenzi que começou quente no jogo convertendo 66% dos seus arremessos de 3 pontos. A defesa também imprimiu um ritmo forte, sem deixar espaços para o adversário que teve que usar todos os segundos de suas posses de bola para encontrar meios de pontuar. Mesmo assim o time cearense conseguiu reagir, mas rebotes decisivos recuperados pela Unifacisa foram o suficiente para assegurar a liderança no placar.

O segundo período foi marcado pela estreia do pivô, Miguel Ruiz, vestindo a camisa da Unifacisa. Nos seus primeiros minutos jogando o NBB, Miguel já demonstrou bom entrosamento com seus companheiros e promete ser uma presença dominante dentro do garrafão. Mas quem brilhou foi o seu companheiro de seleção, David Cubillan, que converteu arremessos em momentos importantes da partida para dar tranquilidade ao time para abrir boa vantagem indo para o intervalo.

A volta do intervalo foi igualmente equilibrada e as equipes deram um show nos arremessos de 3 pontos, com um aproveitamento acima dos 65% para os dois lados. O terceiro período foi o de maior igualdade entre os times, que mantiveram um empate em praticamente todas as estatísticas, com o time da casa despontando nos lances livres.

Mas graças a boa vantagem construída no primeiro tempo, a Unifacisa teve o controle do jogo durante toda a partida, sem ceder a liderança no marcador em nenhum momento do jogo. Com isso, o time de Campina Grande só precisou administrar suas posses de bola na reta final para fechar o jogo em 95 a 68 e se manter invicto no Clássico Nordestino.

“A palavra que define nosso time hoje, acredito que seja superação. Viemos de uma semana um pouco difícil e poder ter esse desempenho que tivemos hoje é muito gratificante e importante para a sequência da temporada. O time está cada vez mais entrosado, mas sabemos que podemos crescer ainda mais e é isso que vamos buscar neste segundo turno”, comentou o ala da Unifacisa, Antônio.

Fonte: Unifacisa