Início Notícias Treze vence o Ferroviário fora de casa

Treze vence o Ferroviário fora de casa

890
0
Foto: Lenilson Santos/Ferroviário/CE
Com um gol do estreante Neto Baiano, o Treze venceu o Ferroviário por 1 a 0, neste domingo, no Estádio Domingão, em Horizonte-CE, pela Série C do Brasileiro.
Com o triunfo, que reabilitou o time das derrotas seguidas em casa para Santa Cruz e Paysandu, o Galo passou para sétima posição no Grupo A, com 16 pontos. Já o Ferroviário caiu para quinta posição, com 17 pontos ganhos.
No próximo domingo, o Treze tem mais um parada difícil, pois enfrenta o Remo-PA fora de casa. Por sua vez, o Ferroviário pega o Manaus, no sábado, na Arena Amazônia.
O JOGO
O jogo começou morno no calor do Ceará. Apesar disso, foi o Treze quem começou a propor jogo desde o começo. A primeira finalização da partida veio com o estreante Danillo Bala, aos três minutos.
Aos sete, o Galo até balançou as redes, com Danillo Bala, mas o passe veio de Neto Baiano, que estava impedido, e o tento foi anulado. Os visitantes seguiram melhor e aos oito minutos foi Vinícius Barba quem finalizou de fora, após grande jogada de Gilvan.
A primeira finalização do Ferroviário aconteceu aos 10 minutos, em uma cobrança de falta de André Mensalão para uma tranquila defesa do goleiro Andrey.
Depois do começo mais animado, o jogo esfriou e permaneceu bem estudado. Os donos da casa tentavam propor jogo, mas os visitantes paraibanos marcavam bem a saída de bola do adversário e deixavam a partida presa no meio-campo.
A primeira substituição do confronto aconteceu aos 28′, com a saída de Gabriel Cassimiro, que estava amarelo, para a entrada do lateral direito Neílson.
A primeira chance clara de gol foi do Ferrão, aos 37 minutos. Caíque ficou cara a cara com o goleiro, tocou para o lado, Willian Lira chegou atrasado e André Mensalão mandou na trave, sem goleiro. Cinco minutos depois, o Tubarão da Barra finalizou novamente com perigo, com Willian Lira. Entretanto, o bandeirinha assinalou impedimento e anulou o lance.
Já nos acréscimo da primeira etapa, o Ferroviário atacou novamente com muito perigo. O zagueiro Vitão aproveitou um cruzamento na área e finalizou duas vezes para duas defesas espetaculares de Andrey.
Segundo tempo
Para o segundo tempo, o Ferroviário seguiu melhor. A primeira finalização foi do meia Caíque, para uma defesa tranquila do goleiro Andrey. Aos sete, o Ferrão teve sua melhor chance na partida até então. Caíque recebeu dentro da área adversária e chutou no travessão.
Aos 18 minutos, o Treze abriu o placar com o estreante Neto Baiano. Gustavo cruzou na aréa, Douglas Lima desviou e Neto Baiano, sem goleiro, mandou para o fundo da rede dos donos da casa.
Na casa dos 25 minutos, o goleiro Andrey e o zagueiro Nilson Júnior, ambos do Treze, discutiram bastante e os ânimos ficaram exaltados. Com a parada técnica para hidratação, os atletas conversaram e se resolveram.
Após o confronto esfriar, o Galo voltou a atacar. Alexandre Santana finalizou de fora da área para uma defesa tranquila de Nícolas. Na reta final, o técnico trezeano Márcio Fernandes recuou bastante o seu time e o Ferroviário tentou pressionar o adversário. Porém, os ataques não geraram perigo suficiente e o time paraibano venceu o confronto.
Foto: Lenilson Santos/Ferroviário/CE

Foto: Lenilson Santos/Ferroviário/CE

Ficha Técnica
Ferroviário
Nícolas, Gabriel Cassimiro (Neilson), Vitão, Jena e Willian Machado; Lucas Hulk (David), Diego Lorenzi (Linnick), André Mensalão e Caíque (Adriano Paulista); Willian Lira e Madson. Técnico: Marcelo Vilar
Treze
Andrey, Gustavo, Ítallo, Nilson Júnior e Gilmar (Uesles); Robson, Vinícius Barba, Gilvan (Douglas Lima) e Douglas Packer (Alexandre Santana); Danilo Bala (Edson Carioca) e Neto Baiano. Técnico: Márcio Fernandes
Gols – Neto Baiano (T), aos 17min do 2ºT
Cartão amarelo – Gabriel (F), Neto Baiano, Andrey (T)
Árbitro – Rafael Martins Diniz (DF)
Assistentes – Lucas Torquato Guerra e Lucas Torquato Guerra (DF)
* Com colaboração do Vozdatorcida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here