Série D: Sousa vence o Maracanã com gol polêmico e encostar no G4

0
320

Foto: TV Dino/Reprodução

Em um jogo de muitos gols e polêmica, o Sousa voltou a vencer o Maracanã-CE, desta feita por 3 a 2, no Estádio Marizão, em Sousa, pelo returno da Série D do Brasileiro.

O gol da vitória sousense aconteceu apenas aos 54 minutos, de forma polêmica e causando revolta em atletas, dirigentes e comissão do Azulão, que chegou a abandonar o campo de jogo.

Os gols do Sousa foram marcados por Felipe Jacaré (2) e Diego Ceará cabendo a Vinícius Canindé e Júnior Mandacaru descontarem para o time cerense.

Com a vitória, o Dino chegou aos 11 pontos, agora na 6ª colocação do Grupo 3. Já o Maracanã-CE segue na penúltimo colocação, com 5.

O Sousa volta a campo no próximo domingo, quando às 16h, fora de casa, encara o Atlético-CE.

Já o Maracanã vai encarar, também no domingo, mas às 15h, o Santa Cruz de Natal, no Estádio Prefeitão, em Maracanaú.

Gol polêmico
A partida seguiu truncada, mas com boas oportunidades para ambos os lados. O gol da vitória veio apenas aos 54 minutos, quando Diego Ceará aproveitou bola espirrada e colocou para o fundo das redes.

A polêmica se deu pelo fato de o árbitro Wesley Silva dos Santos (ES) ter anulado o gol e, após conversa com o assistente Ruan Neres Souza de Queiros (PB), voltar atrás da decisão e validar o tento.
Protestou

Após a polêmica em torno do gol, a equipe do Maracanã partiu para cima do assistente Ruan Neres e cenas lamentáveis tomaram conta do Marizão.

Após intercessão policial, os atletas decidiram abandonar o campo antes do fim do jogo. Apenas cerca de 10 minutos depois os atletas voltaram ao gramado e, assim, terminaram a partida.

* Com gepb