Desenvolvido porspot_img

Últimas

Seap e Hemocentro realizam em junho a 1ª Corrida da Polícia Penal para estimular doação de sangue

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) e o Hemocentro da Paraíba realiza no dia 5 de junho, primeiro domingo do mês, a 1ª edição da Corrida da Polícia Penal, que foi lançada nesta sexta-feira (1), no Hemocentro. A finalidade é incentivar a doação de sangue, além de estimular a prática da corrida de rua, atividade física que tem conquistado muitos adeptos.

Durante o lançamento da corrida, quem doou sangue recebeu grátis o kit do evento. A movimentação foi intensa. Até o meio dia desta sexta-feira, das 130 pessoas doadoras, 100 eram voluntários atraídos pela campanha humanitária do evento.

A Corrida da Polícia Penal é aberta a qualquer pessoa interessada em participar e será realizada às 6h da manhã do dia 5 de junho com largada na Estação Ciência Cabo Branco, em João Pessoa. A disputa terá três percursos: 3km, 5km e 10km.

O público em geral para se inscrever paga R$ 60,00 e doa 1kg de alimento. Já para os servidores das forças de segurança pública da Paraíba o valor é de R$ 50,00. A corrida vai premiar os cinco primeiros colocados de cada faixa: público geral, pessoa com deficiência (PCD), policial penal e segurança pública, todas no masculino e no feminino. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no link http://race83.com.br/evento/2021/corrida-de-rua/corrida-da-policia-penal .

O secretário executivo da Seap, João Paulo Ferreira Barros, convida os atletas profissionais e amadores a doarem sangue e a participarem da corrida no dia 5 de junho: “Venha colaborar conosco, venha salvar vidas”. O gestor avalia como de suma importância a iniciativa da corrida que promove saúde, ao mesmo tempo em que ajuda a estimular a doação de sangue.

De acordo com o chefe de gabinete da Seap, Josinaldo Lucas Oliveira “esta campanha é uma oportunidade para que toda a sociedade paraibana conheça o papel da Polícia Penal e possa contribuir com as instituições de saúde no ato humanitário de doar sangue e salvar vidas. Vamos todos nos unir em prol dessa causa”.

O  gerente executivo  do Sistema Prisional, Ronaldo Porfírio, destaca que há alguns anos a parceria da Seap com o Hemocentro na semana do policial penal no mês de junho tem estimulado a doação de sangue e “a secretaria e o hemocentro estão de parabéns pela iniciativa, então uma ação dessa é importante para que o estoque de sangue esteja sempre sendo renovado, um fator que representa vida além de incentivar a prática do esporte”.

A diretora-geral do Hemocentro da Paraíba, Shirlene Gadelha, por sua vez, enfatizou que “essa campanha é um incentivo às doações para que possamos continuar ajudando a salvar vidas, distribuindo sangue para todos os hospitais e a campanha Seap e Hemocentro é um estímulo a outras secretarias a realizar parcerias como esta. Em junho, o mês vermelho, estaremos com nossos estoques bem abastecidos”.

O major PM Juceilton Soares, convidado pela Seap para organizar a 1ª Corrida da Polícia Penal, destaca o slongan da campanha: Corra, doe sangue, salve vidas. Cada doador pode salvar até quatro vidas.

O policial militar Vitor doa sangue há dez anos e no primeiro dia da campanha ‘Corra, doe sangue, salve vidas’ mais uma vez compareceu ao Hemocentro. A estudante Raíssa Cibele Araújo atendeu ao chamamento e ressaltou que “esse ato tem uma importância muito grande, a gente poder colaborar com pessoas que precisam de sangue numa cirurgia, por exemplo”. Danilo Silva e Danilson Gadelha, pai e filho, estavam lado a lado em uma das poltronas do Hemocentro no ato de salvar pessoas. Vários policiais penais, homens e mulheres, também se uniram à causa.

SECOM

Últimas

Mais Lidas