Desenvolvido porspot_img

Últimas

Punido por invasão: Sousa jogará com portões fechados no próximo jogo no Marizão pelo Paraibano

O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba, Raoni Vita, puniu o Sousa pela invasão do campo do Marizão por torcidas durante partida do Campeonato Paraibano disputada no domingo (10) entre o clube e o Treze.
“Verifico que o Sousa Esporte Clube não demonstrou ter adotado as medidas que estavam ao seu alcance para contribuir com este inquérito ou mesmo para que tais fatos não se repitam”, pontuou o presidente na decisão.
Foi determinado que na próxima partida em que for mandante no Campeonato Paraibano de 2022, o que ocorrerá no próximo dia 20, o Sousa jogará com portões fechados, sem a presença de torcida.
“Bem como – haja vista as cenas externas de violência ocorridas neste caso – que o Clube adote todas as medidas, contratando segurança privada suficiente e/ou em conjunto com a Polícia Militar, para que seja efetivado um cordão de isolamento efetivo num raio de 200 metros do Estádio Marizão, para que nenhum torcedor seja autorizado a ficar nas proximidades do mesmo desde duas horas antes da partida até duas horas depois da mesma”, diz a decisão.
Torcedores de Sousa e Treze invadiram o campo de jogo, “tendo ocorrido uma gravíssima luta corporal entre dezenas de torcedores, bem como confronto com a Polícia Militar, tanto dentro de campo quanto nas arquibancadas e também na parte externa do Estádio Antônio Mariz (“Marizão”)”, informava o documento do TJDF para instauração do inquérito.
Na confusão, um homem chegou a sofrer um chute na cabeça já caído no gramado. Fora do estádio Marizão, as torcidas também se confrontaram.
Foto: Reprodução Jornal da Paraíba
MaisPB

Últimas

Mais Lidas