Desenvolvido porspot_img

Últimas

João Pessoa realiza 4ª edição da ‘Feira das Pulgas’ no Parque Parahyba I

O Parque Parahyba I, no Jardim Oceania, vira palco, neste sábado (4) e domingo (5), da quarta edição da Feira das Pulgas. Das 16h às 21h30, quem visitar o espaço poderá aproveitar uma variedade de antiguidades, artesanato e brechó. Tem ainda serviços à disposição da população, como vacinação contra a Covid-19 e antirrábica para cães e gatos.

A iniciativa tem por objetivo estimular o consumo consciente e promover o fortalecimento do empreendedorismo sustentável, contando com o apoio da Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb).

De acordo com o idealizador e coordenador da feira, Dema Macedo, a abertura no sábado vai contar com a bandinha de Circo JP e o projeto Xica com Didi e banda, contação de história pelos personagens lúdicos da Estação Cabo Branco, Carlos Souza e Wellandro Duarte. “Na feira, o público vai encontrar muitas opções de presentes criativos para Natal e Ano Novo. Lá, teremos antiguidade, brechós, artesanato, personalizados, brinquedos lúdicos, plantas ornamentais, mesa posta, costura criativa, calçados, acessórios infantis e uma grande diversidade da culinária internacional”, destacou.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Fábio Carneiro, disse que a gestão municipal vem apoiando ações que promovam o desenvolvimento do empreendedorismo na cidade, a exemplo da Feira Móvel do Produtor. Ele lembrou que durante a pandemia, iniciativas como essas ajudaram a fortalecer o setor e estimular o surgimento de novos negócios entre os empreendedores que atuam nos mais variados segmentos. “Além de estimular o consumo consciente, com produtos a preços acessíveis, a feira coloca à disposição da população um leque variado de serviços”, disse.

Serviços – No sábado, uma equipe da Secretaria de Saúde estará com uma van para promover a imunização contra a Covid-19. O Centro de Vigilância Ambiental também se faz presente, a partir das 17h, com a vacinação antirrábica e estimulando a adoção responsável de animais.

Acesso à feira – Para participar da feira será necessário o uso de máscaras e a observância do distanciamento social. No local, serão disponibilizados lavatórios de mãos para a constante higienização de comerciantes e consumidores.

Origem – A Feira das Pulgas tem origem nos subúrbios de Paris, na França, onde por conta da crise econômica provocada pela pandemia da peste negra, as pessoas foram às praças para vender ou trocar objetos e roupas usadas. O nome se deve ao fato de na época, por conta da falta de higiene adequada, ser comum a infestação por pulgas nas roupas comercializadas nessas feiras.

  • SECOM-JP

  • FOTO: ARQUIVO SECOM-JP

Últimas

Mais Lidas