João Azevêdo abre 36° Salão do Artesanato Paraibano em Campina Grande

0
375

Foto: Francisco França

O governador João Azevêdo abriu, na noite desta quinta-feira (8), em Campina Grande, o 36° Salão do Artesanato Paraibano, que será realizado até o dia 2 de julho na Avenida Severino Cabral, com visitação do público das 15h às 22h. Com o tema “Tudo Vira Arte na Feira de Campina”, a edição homenageia um dos ícones da Rainha da Borborema — a Feira Central, e os 40 anos do Maior São João do Mundo. O evento também foi marcado pelo lançamento do livro ‘Feira de Campina Grande – um museu vivo da cultura popular’, de autoria do escritor Chico Pereira, sextilhas de Wergniaud Breckenfeld e ilustrações do artista plástico Flávio Tavares.

Com a participação de aproximadamente 500 artesãos que expõem aos campinenses e turistas uma das mais autênticas produções artesanais do país, com certificação internacional, a expectativa é de que o Salão seja visitado por um público de 100 mil pessoas e que gere um volume de negócios em torno de R$ 1 milhão entre vendas diretas e encomendas.

Na ocasião, o governador João Azevêdo visitou os estandes, prestigiou apresentações culturais, recebeu o reconhecimento dos artesãos pela valorização do segmento e acompanhou assinaturas de contratos do Empreender Paraíba com comerciantes da Rainha da Borborema.

O gestor também destacou o sucesso de público já no primeiro dia de evento e reforçou seu compromisso com o fortalecimento do artesanato enquanto segmento cultural e econômico. “Eu fico muito feliz pelo carinho que recebi ao visitar cada estande. Isso é o que nos move a trabalhar incansavelmente, com a união de esforços para a realização de um trabalho fantástico, que gera negócios e alegria e tenho certeza de que será o maior Salão da história de Campina Grande. Aqui temos exemplos de artesãos que venderam todas as suas peças já no primeiro dia. O artesanato conta a história, mas é um segmento que gera muito emprego e renda e coloca o estado em um novo patamar”, frisou.

A abertura do 36° Salão do Artesanato Paraibano foi prestigiada por Raíssa Rossiter (diretora de Empreendedorismo e Artesanato do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços); pela segunda-dama Camila Mariz; pelo presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino; pelos deputados estaduais Inácio Falcão, Luciano Cartaxo e Silvia Benjamin; prefeitos de diversas regiões do estado; pelos vereadores Eva Gouveia, Jô Oliveira, Dona Fátima, Pimentel Filho, Rostand Paraíba, Renan Maracajá e Bruno Faustino; e pelos auxiliares da gestão estadual, dentre eles, Pedro Santos (Cultura), Deusdete Queiroga (Infraestrutura e dos Recursos Hídricos), Pollyanna Dutra (Desenvolvimento Humano), Fábio Barros (executivo da Comunicação Institucional), João Paulo Freire (executivo da Articulação Política), Valéria Aragão (executiva da Segurança Alimentar e Economia Solidária) e Fabrício Feitosa (executivo do Empreender).