Desenvolvido porspot_img

Últimas

Copa do Nordeste: Presidente do CSA reclama do gramado e pede transferência do jogo contra o Sousa para CG ou JP

A direção do CSA divulgou imagens e pediu a transferência do jogo do clube marujo, contra o Sousa da Paraíba, marcado para este domingo (23), em jogo válido pela Copa do Nordeste.

O Estádio Antônio Mariz, o “Marizão”, na cidade de Sousa na Paraíba, apresente dois grandes problemas. Primeiro, o gramado, como mostram as imagens. Além da irregularidade do terrenos , vários pontos apresentam falta de grama.

O outro problema se refere a estrutura. De acordo com documento do Ministério Público Estadual da Paraíba, a administração do Estádio não encaminhou três dos principais laudos necessários para liberação da praça esportiva.

Laudo de Prevenção de Combate a Incêndio e Pânico, de responsabilidade do Corpo de Bombeiros, de Segurança de responsabilidade da Polícia Militar e de Limpeza e Higiene, de responsabilidade da Vigilância Sanitária.

Presidente do CSA, Omar Coelho encaminhou uma carta ao presidente da Federação Alagoana de Futebol, Felipe Feijó, solicitando intervenção junto a CBF, para mudança do local de jogo.

“Sei que não é de praxe, mas se um jogador do CSA vier a se lesionar pelas péssimas condições do gramado, vamos responsabilizar a Federação que liberou a prática do futebol. Não dá para a gente ficar assistindo estes absurdos de braços cruzados. Quem sabe assim, com uma enxurrada de ações, não criem consciência”, afirmou e reforçou o presidente que ainda informou uma tentativa de resolução do problema.

“Está indo agora do Recife, uma equipe da Greenleaf (empresa especializada em tratamento de gramado) para tentar melhorar o campo, fui o informado pelo vice da Liga, Tininho. Mas não resolve, é paliativo que a CBF está encontrando. Precisamos que comecem a respeitar o futebol brasileiro”, completou.

De acordo com o presidente, o clube insistirá para a transferência do jogo para Campina Grande ou João Pessoa, para amanhã ou segunda. Apesar das tentativas e da possibilidade mínima, a comissão tecnica azulina, já instalada na Paraíba, informou que caso não aconteça a mudança, o time deve mesmo entrar em campo, para não prejudicar o planejamento e o calendário.

Carta Oficial

Senhor Presidente Felipe Feijó

Acabo de receber imagens do estado do gramado de Souza-PB, bem como do laudo do Ministério Público, que confirmam a total incapacidade do estádio municipal para a prática descente do futebol.

O CSA tem uma imensa responsabilidade que bem representar Alagoas e sua imensa torcida, como também a saúde e segurança de seus atletas, ambos patrimônios maiores da instituição.

Inicialmente, estamos solicitando de V. Sa. o empenho junto à CBF, para a transferência desse jogo de domingo para Campina Grande ou João Pessoa, quer seja no próprio domingo ou na segunda-feira, para não tumultuarmos ainda mais o calendário do futebol.

A prática do futebol em um estádio sem condições de segurança e um

campo inapropriado para a prática regular do futebol, expor a segurança e a saúde de nosso atletas, podendo causar prejuízos irreparáveis ao Clube e quem se responsabilizará com possíveis prejuízos, diante dos custos assumidos?

Está na hora de tomarmos posições firmes, laborando pelo engrandecimento do futebol brasileiro e não a aceitação desse status quo, que tem nos levado a insucessos constantes, já há algumas décadas.

Deste modo, vimos pedir-lhe todo empenho para que nosso pleito seja atendido, administrativamente, haja vista que não poderemos quedar inertes diante de tamanha aberração, preservando a própria Federação Paraibana, para o caso de que tenhamos a comunicar a nossa imensa torcida e à imprensa a situação que estamos vivenciando, além da própria CBF.

Desde já, mesmo porque sei de seu empenho, para atender nosso pleito, pelo qual já agradecemos.

Maceió, 22 de janeiro de 2022.

Omar Coêlho de Mello

Presidente do CSA

MINUTOESPORTE

Últimas

Mais Lidas