Início Notícias Conflitos de datas preocupam dirigentes do Botafogo-PB e do Treze

Conflitos de datas preocupam dirigentes do Botafogo-PB e do Treze

361
0
Cada vez mais, o calendário anual definido pela Confederação Brasileira de Futebol destina menos espaço para os campeonatos estaduais. E agora, com a pandemia do coronavírus a situação piorou. Um dos estados mais afetados com os conflitos de datas é a Paraíba, cujo os campeonatos estaduais começam geralmente muito tarde, sem considerar a participação dos clubes paraibanos nas competições realizadas pela CBF. O resultado disto é que as equipes que representam a Paraíba em outras competições acabam jogando dois campeonatos ao mesmo tempo, e as demais ficam esperando sem jogar um bom tempo, perdendo ritmo de jogo e dinheiro.
Esta falta de planejamento da FPF está bem visível este ano, com a pandemia do coronavírus. Primeiro veio o conflito com os jogos da Copa do Brasil pelo Botafogo. Logo em seguida, outras mudanças por causa do jogos do Botafogo na Copa do Nordeste. E agora, já se pode afirmar que mais uma vez a FPF será forçada a mudar as datas das finais do Campeonato Paraibano, programadas a princípio, para os dias 8 e 15 deste mês. Próximos a estas datas, Botafogo e Treze, um dos clubes que estarão nas finais do estadual, estarão jogando em outra competição, o Campeonato Brasileiro da Série C.
No dia 9 de agosto, o Botafogo estreia na Série C em Fortaleza, às 20 horas, contra o Ferroviário e o Treze jogará contra o Imperatriz, também no dia 9, às 16 horas no Amigão. Isto significa dizer que nenhum dos dois times poderão jogar a primeira partida das finais no dia 8 deste mês.
Em relação a segunda e decisiva partida, que vai apontar o campeão paraibano de 2020,  está programada para o dia 15 e acontecerá o mesmo. No dia 13, o Galo vai enfrentam o Santa Cruz, às 20 horas, no Arrudão em Recife. Já o Botafogo jogará no dia 17, às 20 horas, contra o Manaus, no Almeidão. Em outras palavras, os clubes não poderão disputar uma final de campeonato, dois dias antes ou depois de um jogo da Série C.
A tendência é que a situação piore no próximo ano, já que por causa da pandemia do coronavírus, o calendário deste ano vai até fevereiro de 2021, mês em que já deveria ter começado o Campeonato Paraibano. Como os jogadores já tiveram férias antecipadas, a Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro deverão começar em seguida. E como ficará o Campeonato Paraibano de 2021? Esta é uma pergunta que pelo menos agora não há resposta ainda, mas já é uma preocupação para os nossos dirigentes.
Para o presidente do Botafogo, Sérgio Meira, a questão do calendário é preocupante e até aponta solução para o problema.
“É realmente uma coisa que preocupa. Nós temos que fazer um planejamento já prevendo estes conflitos com datas CBF, mas este ano foi um ano atípico, por causa do coronavírus. Se o Botafogo passar para as finais, realmente terá de haver uma mudança. Eu propus a FPF que visse junto à CBF a possibilidade do Botafogo não jogar as duas rodadas iniciais da Série C, nas datas previstas na tabela, e depois encaixar em breve estes jogos”, afirmou o dirigente do Belo.
O presidente do Treze,  Walter Junior, concorda com Sérgio, que o assunto é preocupante e acha que a competição estadual deveria começar mais cedo, todos os anos.
“Este é um problema que a FPF tem de evitar nos próximos anos. A entidade terá de começar a competição mais cedo, como forma de se evitar esse conflito de datas. Em relação às finais, as datas CBF prevalecem e acho que os dias da decisão do Paraibano deverão ser mudados”, afirmou.

 

Blog Ivo Marques

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here