Desenvolvido porspot_img

Últimas

Confira agora! Jogo importante pela Serie C será sem a presença da torcida

 

A despedida do Paysandu da Série C 2021 diante do Criciúma-SC, na Curuzu, não terá a presença da torcida no estádio. Com episódios de confusão fora e invasão do gramado por parte de integrantes de uma uniformizada do Paysandu na partida contra o Ituano-SP, a Polícia Militar, Ministério Público e clube formalizaram um documento solicitando que não tivesse a presença de torcedores. A informação foi confirmada por Maurício Bororó, vice-presidente da Federação Paraense de Futebol (FPF).

“Foi realizada uma reunião na Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (SEGUP) com órgãos de segurança, clube, FPF e também o Ministério Público. Ficou decidido que não haveria torcida nesta partida. Um documento foi encaminhado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e foi acatado”, disse, Bororó, em um breve contato com a editoria de esportes.

O advogado da FPF, Gilberto Araújo, que esteve na reunião, informou que a decisão foi um consenso entre os órgãos de segurança e Ministério Público, mesmo como o Paysandu apresentando o seu planejamento de jogo.

A despedida do Paysandu da Série C 2021 diante do Criciúma-SC, na Curuzu, não terá a presença da torcida no estádio. Com episódios de confusão fora e invasão do gramado por parte de integrantes de uma uniformizada do Paysandu na partida contra o Ituano-SP, a Polícia Militar, Ministério Público e clube formalizaram um documento solicitando que não tivesse a presença de torcedores. A informação foi confirmada por Maurício Bororó, vice-presidente da Federação Paraense de Futebol (FPF).

“Foi realizada uma reunião na Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (SEGUP) com órgãos de segurança, clube, FPF e também o Ministério Público. Ficou decidido que não haveria torcida nesta partida. Um documento foi encaminhado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e foi acatado”, disse, Bororó, em um breve contato com a editoria de esportes.

O advogado da FPF, Gilberto Araújo, que esteve na reunião, informou que a decisão foi um consenso entre os órgãos de segurança e Ministério Público, mesmo como o Paysandu apresentando o seu planejamento de jogo.

“Foi colocado por todos os órgãos de segurança e o Ministério Público, a situação ocorrida no jogo contra o Ituano, quando ocorreu a invasão de campo. O Paysandu concordou com a maioria, mesmo apresentando o seu plano de logística, como entrada, vendas de ingressos. Uma torcida uniformizada do Criciúma-SC já havia solicitado via e-mail um local no estádio, mas, após a reunião ficou inviável a presença”, disse.

Gilberto informou ainda que ficou decidido um planejamento para o entorno do Estádio da Curuzu, antes, durante e dpois da partida do próximo sábado.

“Todos os órgãos de segurança vão trabalhar na partida, para evitar qualquer ocorrência do lado de fora”, falou.

A equipe de OLiberal entrou em contato com o Paysandu para saber um posicionamento do clube a respeito da não abertura do portões. O clube alvicesleste informou que não terá torcida por decisão das autoridades e que decidiu acatar o pedido.

TV TORCEDOR com informações do Portal O Liberal

Últimas

Mais Lidas