Início Notícias Clube da Paraíba alega ser formador de Arthur Cabral e exige parte...

Clube da Paraíba alega ser formador de Arthur Cabral e exige parte do dinheiro da venda

1014
0
foto: Palmeiras / Céssar Greco
Nesta semana, o atacante de 23 anos, Arthur Cabral, teve a sua venda concretizada para o Basel FC, da Suíça, por cerca de R$26 milhões.
Esse montante foi dividido igualmente para o Palmeiras, time que era detentor dos direitos de Arthur, e o Ceará, que além do clube formador, era o ex-time do atacante, antes de se transferir para o alviverde.
Porém, pode ser que mais um clube apareça nessa divisão, trata-se do Campinense, tradicional time da Paraíba.
Isso porque, segundo revelou Phillipy Costa, da Rádio CBN Campina Grande, e confirmada pelo Globoesporte.com, o time está buscando documentos para provarem que Arhur Cabral jogou lá nas categorias de base.
Caso seja comprovado, o Campinense teria direito a um percentual da venda através do mecanismo de solidariedade da FIFA, que o enquadraria como clube formador.
Vale lembrar que Arthur Cabral é natural de Campina Grande, cidade sede do clube e realmente frequentou as escolinhas do clube, entre 2008 e 2013, ou seja, dos 10 aos 15 anos. Mas os diretores ainda buscam documentos para oficializar o vínculo entre o time e o jogador.
Ele foi para a base do Ceará já na categoria sub-17, passando pelo sub-19 e sub-20, até chegar no profissional e se destacar.

 

MARCELLO SAPIO PUBLICADO EM 30/06/2020, ÀS 15H56

Fonte: Sportbuzz

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here