Chelsea prepara proposta de R$ 40 milhões para tirar Paraibano Pedro Lima do Sport-PE

0
140

Foto: RAFAEL VIEIRA/DP

Apelidado de “herdeiro de Cafu” pelo renomado jornal espanhol AS, o jovem lateral-direito do Sport, Pedro Lima, de apenas 17 anos, vem se consolidando como uma das maiores promessas do futebol brasileiro na atualidade.

Revelado nas categorias de base do Leão, o atleta já chama a atenção de clubes de peso da Europa. Segundo apuração da ESPN, o Chelsea sinalizou interesse em contratar o jovem craque, com uma oferta inicial de R$ 40 milhões ainda neste semestre.

A proposta prevê o empréstimo de Pedro Lima ao Strasbourg, que disputa a 1ª divisão do Campeonato Francês, na primeira temporada, com o objetivo de aprimorar suas habilidades e experiência no futebol europeu antes de se integrar ao time inglês.

Antes dos Blues, Real Madrid, Barcelona, PSG e Juventus estariam de olho na lateral titular do Sport, além de outros grandes clubes da Premier League, como Manchester City, atual campeão europeu, que enviou um olheiro para observar o atleta.

João Marcelo Barros, diretor do comitê de gestão do Sport, reconhece as sondagens de grandes clubes europeus por Pedro Lima e ressalta o potencial do atleta para se tornar um dos principais nomes do futebol brasileiro nos próximos anos. Apesar de não haver nenhuma proposta oficializada no momento, Barros acredita que o futuro do craque da base é promissor.

Paraibano Pedro Lima veste a camisa do Sport desde as categorias de base do futsal. Aos 15 anos, migrou para o campo e rapidamente se destacou, chegando a ser titular da seleção brasileira na última Copa do Mundo Sub-17. Em 2024, já no profissional, o jovem lateral conquistou o Campeonato Pernambucano e se consolidou como titular absoluto da equipe na Série B do Campeonato Brasileiro.

MULTA RESCISÓRIA 

O lateral é tratado com um grande prospecto pelo Sport desde que chegou na Ilha do Retiro. Destaque em uma posição carente no cenário mundial, Pedro Lima teve recentemente seu contrato renovado com o Leão até 2027 A multa rescisória do atleta para clubes nacionais é de R$ 55 milhões. Clubes europeus terão de desembolsar 12 milhões de euros (cerca de R$ 65 milhões) para  fazer o atleta atravessar o Atlântico.

Até o momento, nem o atleta, nem o empresário e nem o clube demonstraram interesse em fazer algum tipo de transferência envolvendo o jogador. Apesar da pouca idade, Pedro Lima parece querer construir uma história no Sport e, quem sabe, entrar na galeria de ídolos do clube.

Esportesdp