CBF investe R$ 200 mil reais em cada clube e segunda fase da Série C terá público nos estádios

0
290
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Marcada para ocorrer entre os dias 2 de outubro e 6 ou 7 de novembro, a segunda fase do Brasileirão Série C vai ter todos os jogos com torcida nos estádios. É o que definiram, nesta terça-feira (28), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e os clubes classificados.

Paysandu, Novorizontino, Ituano, Ypiranga, Criciúma, Manaus, Botafogo-PB e Tombense ainda lutam pelas quatro vagas que garantem o acesso ao Brasileirão Série B, em 2022.

“Estamos sempre em sintonia com a realidade do futebol brasileiro e as necessidades dos nossos clubes e federações”, inicia Ednaldo Rodrigues, presidente em exercício da CBF.

“O objetivo é procurar solução para os problemas demandados e dar atenção aos relatos de todos. Esse passo dado hoje é importante na direção da retomada, com presença de público na Segunda Fase”, finalizou o dirigente.

A segunda fase será disputada em dois grupos. Paysandu, Ituano, Botafogo-PB e Criciúma integram a primeira chave. O outro grupo é formado por Novorizontino, Tombense, Ypiranga, Manaus.

Repasse financeiro a todos os times da Série C

Além da presença de torcida, a CBF também oficializou que vai repassar R$ 200 mil a todos os 20 clubes que disputaram a Série C, neste ano.

Nesse sentido, mais 12 clubes serão contemplados. São eles: Volta Redonda, Ferroviário, Altos, Floresta, Jacuipense, Santa Cruz, Figueirense, São José, Botafogo-SP, Mirassol, Paraná e Oeste.

Segundo a entidade, o ato é uma forma de “auxílio para o enfrentamento do cenário difícil, ainda latente, da pandemia”.

Na reunião, Ednaldo Rodrigues destacou que o repasse “atende a uma reivindicação dos clubes ao longo do campeonato”, completa a CBF.

FONTE: TORCEDORES.COM