Botafogo-PB enfrentar o Serra Branca fora de casa, valendo vaga na final do Paraibano

0
145

Foto: Cristiano Santos

Chegou o dia de conhecer o primeiro finalista do Campeonato Paraibano. Após o empate em 0 a 0 no jogo de ida, o Botafogo-PB encara o Serra Branca nesta terça-feira (2), às 16h30, no Estádio Amigão, em Campina Grande. Quem vencer garante sua vaga na final e, em caso de uma nova igualdade, a decisão vai para os pênaltis.

Apesar de não ter conseguido furar a retranca adversária no jogo de ida, no Almeidão, o Alvinegro da Estrela Vermelha vai confiante para Campina. Um dos fatores para o otimismo é o desempenho do time fora de casa na temporada. Em oito jogos longe de João Pessoa, o Botafogo-PB venceu quatro, empatou três e foi derrotado uma única vez. Uma das vitórias fora foi justamente contra o rival de hoje.

“O segundo jogo vai ser num campo que a gente também conhece e esperamos que, com muita dedicação, consigamos a classificação. Nosso time tem feito bons jogos fora de casa e isso nos dá confiança para buscar a classificação lá no Amigão”, destacou o técnico Moacir Júnior.

O Botafogo-PB tem uma novidade para o confronto. Contratado para a sequência do Belo na temporada, o atacante Jô foi relacionado para encarar o Serra Branca e poderá fazer sua estreia com a camisa do Maior da Paraíba.

O Alvinegro da Estrela Vermelha terá duas baixas para o segundo jogo da semifinal. O zagueiro Douglas e o atacante Dudu, que se recuperam de lesões, estão fora da partida.

*Arbitragem para Serra Branca x Botafogo:*

Árbitro principal: Braulio Machado (Fifa-SC)
Assistente 1: Fabrini Bevilaqua (Fifa-SP)
Assistente 2: Eduardo Cruz (Master-MS)
Quarto árbitro: Diego Sidral (CBF-SC)
VAR: Charly Wendy (Fifa-SC)
AVAR: Johnny Barros (CBF-SC)

*Números do Botafogo no Campeonato Paraibano:*

Jogos: 10
Vitórias: 5
Empates: 3
Derrotas: 2
Aproveitamento: 60%
Gols marcados: 13
Gols sofridos: 9
Saldo: 4
Artilheiros: Kiko (3), Pipico (2), Erick (2), Bruno Mota (2), Bruno Leite (2), Dayvison Mosquito (1) e Thallyson (1).
Assistências: Dayvison Mosquito (1), Luiz Felipe (1), Jean Silva (1) e Sousa Tibiri (1).
Cartões amarelos: Rodrigo (1) e Paulinho (1).