Botafogo-PB e Secretaria da Segurança e da Defesa Social emite nota conjunta após reunião nesta segunda-feira

0
2197

Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira(15), na Secretaria da Segurança e da Defesa Social e do Botafogo Futebol Clube, aconteceu um reunião  na sede da pasta, após ação dos policiais militares no jogo contra Aparecidense no sábado.

NOTA CONJUNTA

Um fato isolado. Assim foi definida a situação ocorrida no último sábado (15) na partida entre o Botafogo e Aparecidense por representantes da Secretaria da Segurança e da Defesa Social e do Botafogo Futebol Clube, durante reunião realizada na sede da pasta nesta segunda-feira (17). O clube se dispôs a contribuir com as investigações, assim como encontrar soluções e ações conjuntas para que a situação não se repita. A Segurança Pública, com a Polícia Militar, também garantiu que já há um Curso de Praças Desportivas, específicos para eventos esportivos em geral, e que será massificado para efetivo que trabalha nesses eventos. Além disso, um procedimento já foi aberto para apurar as responsabilidades dos fatos ocorridos e punir os eventuais infratores.

O Botafogo esteve presente com o presidente Roberto Burity, o vice-presidente jurídico Guilherme Moura, presidente do Conselho Deliberativo, Zezinho Botafogo, a secretária do Conselho Deliberativo, Marjorie Carvalho, o sócio benemérito Alexandre Cavalcanti, e o executivo de Marketing, Themistocles Sabino, além do sócio contribuinte Victor Lucena.

Na oportunidade, o presidente agradeceu ao secretário Jean Nunes, ao secretário-executivo, Lamark Donato, ao coronel Carlos Sena e ao major Máximo, coordenador de Comunicação da Policia Militar, pela disponibilidade, receptividade e presteza em solucionar o caso.

BOTAFOGO FUTEBOL CLUBE E SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA E DA DEFESA SOCIAL