Início Notícias Atos de racismo e LGBTfobia praticados dentro dos estádios e equipamentos esportivos...

Atos de racismo e LGBTfobia praticados dentro dos estádios e equipamentos esportivos são passíveis de punição no Estado da Paraíba.

818
0
Foto: TV TORCEDOR
Atos de racismo e LGBTfobia praticados dentro dos estádios e equipamentos esportivos são, a partir desta quarta-feira (6), passíveis de punição no Estado da Paraíba.
Foi sancionada e publicada no Diário Oficial da Paraíba a lei 11.829/20, da deputada Estela Bezerra (PSB), que proíbe qualquer ato de racismo e LGBTfobia, bem como injúria racial ou injúria LGBTfóbica nos estádios de futebol, pistas de atletismo, ginásios poliesportivos e demais equipamentos esportivos.
De acordo com a lei, clubes ou responsáveis legais pelo equipamento ou evento esportivo serão punidos administrativamente por ação ou omissão, desde que tenham ciência dos atos.
A lei obriga ainda os equipamentos esportivos a fixar placas contra racismo e LGBTfobia em locais de boa visibilidade.
Na hipótese de não cumprimento das regras, ficam os infratores sujeitos à multa em valor equivalente a 50 UFR-PB (Unidade Fiscal de Referência do Estado da Paraíba), se praticado por pessoa física, e multa em valor equivalente a 500 UFR-PB, se praticado por pessoa jurídica.  Em caso de reincidência, esses valores serão dobrados.
Os recursos decorrentes das multas deverão ser revertidos ao Fundo de Apoio ao Esporte e Lazer da Paraíba, para ações educativas de enfrentamento ao racismo, LGBTfobia em equipamentos esportivos.
Com informações da assessoria de imprensa da deputada

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here