Início Notícias Ao despachar Sport, Campinense briga por mais dinheiro e vaga na Sul-americana

Ao despachar Sport, Campinense briga por mais dinheiro e vaga na Sul-americana

744
0

O Campinense chegou. De novo. Depois de vencer o Sport no tempo normal e nos pênaltis neste domingo, 17, no Amigão, a Raposa vai disputar pela segunda vez a final da Copa do Nordeste. E, diferente de 2013, desta vez o título vale uma vaga na Copa Sul-americana. Além de dinheiro. Para a realidade do futebol paraibano, muito dinheiro.

O adversário será o Santa Cruz, que conquistou uma classificação heroica ao vencer o Bahia por 1×0 em plena Arena Fonte Nova. Um rival forte, que vive um momento de crescimento em na temporada.

Apenas por ter chegado à final, o Rubro-negro já garantiu R$ 1,885 milhão, sendo R$ 1,385 milhão e mais R$ 500 mil pelo vice-campeonato. Em caso de título, recebe mais R$ 500 mil. E ainda tem a vaga na fase brasileira da Sul-americana. Que paga em dólar.

Sem falar no ineditismo de ser o primeiro paraibano a disputar uma competição internacional.

Se conquistar a taça, o Campinense passa a dividir com o Bahia o posto de terceiro maior vencedor da competição, com dois títulos cada um. Sendo que o último do Tricolor de Aço foi em 2002. Por sinal, o Campinense se igualou ao Ceará como as duas únicas equipes que chegaram duas vezes à decisão, desde que a competição retornou em 2013 com este novo formato.

No lado do Santa Cruz, é a primeira que vez que o time chega a uma decisão de Copa do Nordeste na história.

As partidas da final acontecem nos dias 27 de abril (no Arruda) e 01 de maio (Amigão).

 

Por Tabelinha E.C

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here