Início Notícias Vôlei de Praia 20/21: Alison/Álvaro Filho-PB e Guto/Arthur Mariano fazem a final...

Vôlei de Praia 20/21: Alison/Álvaro Filho-PB e Guto/Arthur Mariano fazem a final da terceira etapa

372
0
Arthur Mariano passa pelo bloqueio de André (Créditos: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)
A terceira etapa masculina do Circuito Brasileiro Open de Vôlei de Praia 20/21 teve os finalistas definidos ao final de mais um dia recheado de jogos equilibrados. No início da noite deste sábado (14.11), Alison/Álvaro Filho (ES/PB) e Guto/Arthur Mariano (RJ/MS) venceram as respectivas partidas semifinais e decidem o título da competição, que acontece mais uma vez no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).
A disputa final será neste domingo (15.11), por volta das 12h (de Brasília), com transmissão exclusiva do canal SporTV. Antes, às 11h, Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e André/George (ES/PB), superados nas semifinais, se enfrentam valendo a medalha de bronze, em partida que também será televisionada pelo canal campeão.
Mesmo sem contar com público presente em razão dos protocolos de segurança sanitária, as partidas não ficaram sem torcida. Alguns fãs do vôlei de praia tiveram a oportunidade de acompanhar os duelos por meio da “Arquibancasa”. Acessando um convite virtual, os fãs interagiram com o animador e participaram de ações nos intervalos das partidas. O sistema foi exibido em telões na quadra central e trouxe animação e cores para dentro da competição.
Os torcedores também puderam eleger as melhores jogadoras em quadra de cada partida das semifinais por meio de votação no site e aplicativo da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Guto e Álvaro Filho foram os eleitos nos respectivos confrontos das semifinais. A disputa de bronze e ouro também contará com a votação.
Depois de decidirem o título da etapa passada, as duplas olímpicas do Brasil se reencontraram pouco mais de duas semanas depois, desta vez na semifinal. Alison e Álvaro Filho (ES/PB) venceram o duelo contra Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/19). O campeão olímpico Alison contou sobre as adaptações feitas para um ano tão atípico vivido pelos atletas.
“Nosso time completou um ano e quatro, cinco meses, e a gente está passando por muitas coisas que nós não passamos no ano passado. Ano passado tivemos a classificação olímpica, mas esse ano esse momento de quarentena, COVID, jogar sem torcida. Isso tudo é um aprendizado. Então a gente está usando cada campeonato, cada jogo, cada ponto para aprender. Hoje mais cedo foi assim, agora de noite também um confronto muito forte. Na semifinal os quatro times fortíssimos. A gente já se conhece muito bem e é no detalhe. Realmente o Álvaro fez a diferença e isso aí é o detalhe de um time”, disse Alisson.
Guto e Arthur Mariano (RJ/MS) garantiram vaga na segunda final em três torneios disputados pela dupla desde que se uniram para a temporada 20/21. Para chegarem à decisão da terceira etapa, eles superaram André/George (ES/PB), dupla que é a atual campeã brasileira, de virada por 2 sets a 1 (18/21, 21/13 e 15/13). Com pouco tempo de parceria, mas com resultados relevantes alcançados, Guto destacou o entrosamento precoce do time.
“Estamos muito felizes com essa classificação, em ter a oportunidade de jogar mais uma final. A gente se dedica, mas ainda estamos sem palavras para poder explicar como tudo está acontecendo tão rápido para nosso time, que tem pouco tempo junto. Só tenho a agradecer o apoio da minha família, e da nossa comissão técnica”, contou Guto.
Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 47 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos aproximadamente de R$ 538 mil por etapa.
CBV

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here